sexta-feira, 29 de julho de 2016

As pedras da minha vida



Pedras da rua
branquinhas e belas
também tenho pedras
nas minhas janelas...

De pedras é feito o meu lar
tenho pedras na cozinha
E na casa de jantar...

Pedras nas minhas plantas
pedras para enfeitar a casa
pedras que piso todos os dias
entre as pedras me criei,
com elas tanto brinquei
e delas fiz minha arma
e, debaixo de uma pedra
meu corpo descansarei.



3 comentários:

  1. Boa tarde, Nina Filipe! somos tudo e somos nada, não somos pedras mas vivemos perto delas, cada um de nós constrói a sua própria historia, as suas atitudes e palavras, revela o seu bom carácter que forma a sua bela historia.
    Bom fim de semana,
    AG

    ResponderEliminar
  2. Boa Noite, querida Nina!
    Com pedras somos atirados e nelas dormitaremos felizes em busca da paz eterna...
    Lindo poema!
    Bjm muito fraterno

    ResponderEliminar
  3. As pedras fazem parte da vida...
    Excelente poema, minha querida amiga, gostei imenso.
    Bom fim de semana, Nina.
    Beijo.

    ResponderEliminar

O consolo de ter um amigo poderá ser-nos roubado,
mas não o facto de o termos tido.